Lifting Facial

Também conhecida como ritidoplastia, o lifting facial é um procedimento cirúrgico para melhorar sinais visíveis de envelhecimento no rosto e no pescoço, como flacidez, vincos profundos, perda de tônus muscular, entre outros.

O objetivo do lifting facial é melhorar o aspecto das regiões do rosto que já apresentam os sinais do tempo. Ela aumenta a autoestima e pode fornecer alguns anos de rejuvenescimento para os pacientes que optam pelo procedimento. Além disso, é claro, a cirurgia pode oferecer contornos mais harmônicos ao rosto e conferir maior simetria à face.

Indicações para o Lifting Facial

Veja na lista abaixo se você se encaixa nas principais indicações da ritidoplastia.

  • Flacidez nas bochechas, olhos ou pescoço
  • Rugas e marcas de expressão em excesso
  • Pescoço com gordura acumulada
  • Rosto muito fino
  • Vincos profundos nas pálpebras, nariz, canto da boca etc
  • Perda de tônus muscular
  • Pele frouxa e excesso de gordura sob o queixo e mandíbula

É comum que o lifting seja associado a outros procedimentos, como a blefaroplastia (cirurgia da pálpebra) e o lifting de testa. Para saber mais sobre quais cirurgias podem ser combinadas, clique aqui.

É importante lembrar que a ritidoplastia é uma cirurgia plástica e deve ser feita em hospitais credenciados e equipados com toda a segurança. Existem outros procedimentos, não cirúrgicos, que oferecem efeitos rejuvenescedores, como:

  • Botox
  • Preenchimento
  • Skinbooster
  • Fios de Sustentação

     

Mesmo assim, esse tipo de procedimento não apresenta o mesmo resultado que uma cirurgia facial. Eles podem ajudar a retardar o momento em que a cirurgia vai ser mais indicada, e também têm a capacidade de complementar os resultados depois que você faz a cirurgia.

Existe uma idade certa para fazer lifting facial?

Cada pessoa é diferente, e o seu processo de envelhecimento não é igual ao da sua amiga. A idade recomendada pelos cirurgiões é entre 45 e 50 anos para considerar uma intervenção cirúrgica com foco em rejuvenescimento. Mas tudo depende de como está a saúde da sua pele, qual é o nível do seu incômodo, enfim, tudo precisa ser levado em consideração.

Como é feita a cirurgia de lifting facial

O objetivo principal do lifting é proporcionar uma aparência mais jovem e descansada, portanto o procedimento visa diminuir as linhas de expressão e rugas “esticando” a pele do rosto da paciente.

A cirurgia começa com cortes que permitem a tração da pele, ou seja, puxar a pele para remodelar os tecidos abaixo dela e, assim, fazer com que áreas depressivas do rosto tenham mais volume e reposicionar a musculatura da face. O excesso de pele é retirado e descartado.

Essas incisões podem ser feitas em várias regiões do rosto, dependendo da técnica que o cirurgião utilizar para cada caso. Normalmente as regiões são a parte de trás da orelha, no couro cabeludo ou na região das têmporas. Abaixo do queixo também é um local propício para esse tipo de corte.

Riscos

Toda cirurgia plástica é uma intervenção invasiva e, mesmo que tenha fins estéticos e não de saúde em si, também tem seus riscos. Por conta disso, é nosso dever informar as pessoas que desejam fazer uma ritidoplastia sobre os possíveis riscos da cirurgia. Veja abaixo:

  • Cicatrização ruim
  • Inchaço
  • Hematomas
  • Alterações de sensibilidade na pele
  • Assimetria
  • Danos nos tecidos nervosos ou músculos
  • Trombose venosa
  • Possibilidade de uma cirurgia complementar

O momento ideal de entender quais são os riscos no seu caso é durante a consulta com o cirurgião plástico. Os riscos listados aqui são possibilidades gerais, que já aconteceram em alguns casos ao longo da história da cirurgia plástica brasileira, mas isso não significa que são comuns.

Pré-operatório

O pré-operatório da ritidoplastia é relativamente simples. Na consulta de avaliação o cirurgião vai solicitar alguns exames de rotina para verificar como está a saúde geral do seu corpo e avaliar se ele está apto para uma cirurgia. Os exames mais comuns são hemograma, coagulograma e perfil cardiológico, mas se o médico pedir algum exame complementar, faça também, é muito importante.

Os exames são essenciais para que o cirurgião possa dar andamento ao processo da cirurgia plástica. Além disso, caso você seja fumante, vai precisar interromper o hábito durante pelo menos 30 dias antes do dia da cirurgia. Avise o médico se você toma medicamentos e quais são eles, porque isso pode influenciar também no sucesso da plástica.

O pré-operatório imediato consiste em, geralmente, algumas orientações simples:

  • Se o paciente for homem, deverá fazer a barba no dia da cirurgia – de preferência com barbeador elétrico
  • Na noite anterior, lave os cabelos normalmente e o rosto com sabonete neutro
  • Não beba álcool nos 2 dias que antecedem a cirurgia
  • Não use nenhuma medicação sem orientação médica
  • O tabagismo deve ser suspenso tanto antes quanto depois da cirurgia
  • Levar para o hospital roupas fáceis de vestir e sapatos confortáveis e seguros
  • Evite usar joias – inclusive piercings -, maquiagem e esmaltes escuros

Quaisquer outras orientações do seu cirurgião devem ser levadas a sério. Preste bastante atenção ao que o médico e a equipe da Realize disser.

Pós-operatório

Grande parte do sucesso da sua recuperação depende do seu nível de comprometimento com o pós-operatório. Compareça às consultas de retorno e leve a sério as orientações médicas.

  • Não faça esforço físico e limite a movimentação ampla corporal
  • Na hora de dormir, eleve o tronco e não durma de lado ou de bruços; sempre de barriga para cima
  • Na hora do banho, muito cuidado para não molhar a cabeça. Consulte o cirurgião sobre quando você poderá voltar a lavar os cabelos e o rosto normalmente
  • Um pouquinho de sangramento nos curativos é normal, não se assuste. Porém, se você perceber que o sangramento começou do nada, está exagerado e acompanhado de dor, procure um médico imediatamente
  • Dirigir e outras tarefas que requerem reflexos rápidos devem aguardar um período de pelo menos 2 semanas para serem retomadas
  • Tomar sol de maneira recreativa, só depois de mais de 1 mês de cirurgia. Programe sua viagem de férias com antecedência para que não precise cancelar nada

Caso sinta falta de ar, dor no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Caso algumas destas complicações se apresentarem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional. Seguir as recomendações de seu médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não estejam sujeitas à força excessiva, ao inchaço, à escoriação, ou ao movimento durante o período de cicatrização.

Terminada a cirurgia, uma bandagem pode ser colocada delicadamente em torno de seu rosto para minimizar o inchaço e os hematomas. Um dreno pode também ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer excesso de sangue e de fluido.

Vantagens do lifting facial

Pós-operatório tranquilo

Sem cicatrizes aparecendo

Corrige várias ruguinhas de uma vez

 

Resultados da ritidoplastia

Assim que o inchaço e os hematomas diminuírem, já será possível começar a ver os resultados. O resultado final não só restaura a aparência, deixando-a mais jovem e descansada, mas também, pode ajudar na recuperação da autoestima.

Pode levar alguns meses para que o inchaço desapareça e até 6 meses para que as linhas de incisão fiquem com aparência normal. Para prolongar os efeitos da cirurgia, cuide bem da sua pele com processos diários de skin care e proteção contra o sol.

Além disso, um estilo de vida saudável também ajuda a prolongar os resultados obtidos com a cirurgia, dando-lhe aparência rejuvenescida e jovem. Exercícios físicos e alimentação balanceada ajudam o corpo a se manter saudável.

IMPORTANTE: A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem terá de decidir se os benefícios atingirão os seus objetivos e se os riscos e complicações potenciais da cirurgia são aceitáveis. O cirurgião plástico ou assistentes vão explicar, em detalhes, os riscos associados à cirurgia. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Pensando também na sua segurança, apenas as consultas da Clínica Realize são feitas em clínicas. Todos e quaisquer procedimentos cirúrgicos são feitos apenas em hospitais qualificados.