Tudo sobre Cirurgia Plástica Combinada

A cirurgia plástica pode ser realizada em diversas partes do corpo, como mama, abdômen, glúteos, flancos, nariz, orelha, pálpebras, entre outras. A grande vantagem para o paciente em casos de cirurgias combinadas, é que o tempo de recuperação é um só, otimizando o processo de recuperação e o retorno às atividades rotineiras.

Como os procedimentos acontecem na mesma cirurgia, a recuperação do paciente é simultânea, evitando que a pessoa passe novamente por outro procedimento, se submetendo a mais de uma anestesia e outro período de recuperação.

Do ponto de vista financeiro, a cirurgia plástica combinada também vale muito a pena, pois, os custos com internação, anestesia e medicamentos pós-operatórios reduzem quando comparados a um único procedimento. No entanto, para evitar riscos, é fundamental que a equipe médica escolhida esteja totalmente integrada na programação da cirurgia.

O bom estado de saúde do paciente é uma condição fundamental no planejamento de cirurgias combinadas, portanto, com os resultados dos exames pré-operatórios é possível avaliar quais procedimentos serão mais seguros para cada paciente, pois, não são todas as cirurgias plásticas que permitem combinação entre si, seja na hora de realizá-las ou na recuperação.

A saúde do paciente para a realização da cirurgia plástica combinada

O bom estado de saúde é uma condição fundamental para se realizar qualquer procedimento cirúrgico, ainda mais para este tipo de operação. Pessoas com doenças ou situações crônicas como diabetes, pressão alta e problemas de tireoide, devem ter uma atenção especial.

Quem está acima do peso ou teve uma grande perda dele, assim como quem fuma ou costuma beber com mais frequência também deve ser alvo de cuidados e orientações à parte. Por isso, quem pensa em se candidatar a essa opção de cirurgia, deve redobrar a atenção e cuidados com o organismo. Lembrando que as condições psicológicas do paciente e o porte dessas cirurgias plásticas também serão avaliados como um todo.

Benefícios da cirurgia plástica combinada

Quando todos os cuidados de segurança em cirurgia plástica são seguidos corretamente, a associação pode ter alguns benefícios, tais como:

* A realização de apenas uma consulta para avaliação pré-operatória;

* Uma única anestesia;

* Menor custo;

* Melhora do resultado final pelo efeito complementar de duas ou mais cirurgias;

* Período único de recuperação e afastamento das atividades sociais e trabalho;

Os benefícios físicos da cirurgia plástica combinada são mais óbvios na medida em que os resultados podem ser comprovados progressivamente na fase de recuperação. Mas os ganhos emocionais podem ser ainda maiores, uma vez que muitas pessoas reconquistam a autoestima quando enfim, realizam a associação dos sonhos e veem o corpo cada vez mais perto do desejado.

Cirurgias plásticas combinadas mais comuns

Mamoplastia de aumento + Rinoplastia (Cirurgia do nariz)

Dentre as combinações mais comuns em consultórios de cirurgias plásticas está o aumento das mamas e a Rinoplastia – procedimento que visa corrigir imperfeições funcionais e estéticas do nariz.

Como ambas as técnicas são relativamente rápidas, não há extrapolação do tempo cirúrgico, sendo considerada uma associação segura para a paciente.

Lipoaspiração + Abdominoplastia

A Lipoaspiração é indicada para retirar o excesso de gordura localizada, reduzindo o abaulamento gorduroso, porém sem tratar a flacidez.

Já a Abdominoplastia corrige esse problema sem, no entanto, retirar o excesso de gordura localizada. Por isso as duas cirurgias acabam se complementando e são responsáveis por proporcionar um contorno corporal mais definido.

Lipoaspiração + Abdominoplastia + Mamoplastia de aumento (Prótese de mama)

Os seios também costumam ser atingidos pela eliminação de peso e envelhecimento, e acabam por apresentar ptose (queda), flacidez ou ainda ficam desarmoniosos em relação ao contorno corporal.

Por isso, não é difícil encontrar cada vez mais pessoas que buscam essa associação de Abdominoplastia + Lipoaspiração + Mamoplastia de aumento (implante de prótese de silicone) com o objetivo de harmonizar o contorno abdominal e equilibrar a proporção natural do corpo.

No caso dos implantes de mama – segunda cirurgia mais realizada no Brasil – eles são indicados normalmente por quem busca mais firmeza nos seios, porém os volumes são sempre analisados de acordo com o biótipo de cada indivíduo.

As associações de cirurgias têm sido um recurso bastante utilizado por pessoas que desejam aproveitar uma única internação para corrigir mais de uma imperfeição estética.

Anestesia e tempo de cirurgia

Cirurgias muito longas ou muito extensas na área do corpo podem aumentar os riscos para o paciente. Por isso quando se envolve outro procedimento, tudo precisa ser muito bem analisado.

Já que, além do tempo da cirurgia, há o tempo da anestesia e estas duas condições associadas resultam em alterações no metabolismo e fisiologia do corpo, que são parecidos com o de um trauma – estresse cirúrgico. Por isso, precisam ser muito bem calculadas.

Pós-operatório cirurgia plástica combinada

A logística pós-operatória é muito importante, pois existem cirurgias que possuem cuidados no pós-operatório como restrições de atividades e movimentos bem parecidos, enquanto outras não – o que impede de serem combinadas.

A liberação para a atividades como caminhas, dirigir e trabalhar serão orientadas pelo médico, já que cada pessoa se recupera de forma individual, o período médio para que isso aconteça, é de três semanas. É recomendado dormir apenas com o abdômen para cima e andar de forma curvada, evitando esticar e estourar os pontos.

Vale a ressalva que uma pessoa com disponibilidade para um mês ou mais de recuperação, com auxílio de outras pessoas, poderá associar cirurgias com mais chances de ter uma boa recuperação.

Os fatores que garantem o sucesso da cirurgia plástica combinada começam na escolha da clínica e do cirurgião plástico que fará o procedimento. É importante fazer a verificação de todos os registros e licenças, bem como as habilitações profissionais do médico escolhido, que deve ter o CRM ativo no estado em que o procedimento será realizado, bem como, possuir habilitação em Cirurgia Plástica pela SBCP – Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

As associações de cirurgias têm sido um recurso bastante utilizado por pessoas que desejam aproveitar uma única internação para corrigir mais de uma imperfeição estética, consulte sempre um profissional capacitado para que analisem juntos os riscos e as vantagens desse tipo de operação.

Não perca tempo. Agende uma avaliação em uma de nossas unidades.

Gostou? Então compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Entre em contato e

Fale com uma consultora

Está com dúvidas?


Nossas consultoras entrarão em contato com  você o mais breve possivel.